12/07/2009

INFINITO-D na GRAU ZERO


Trecho da pintura/HQ chamada INFINITO-D em que o personagem principal,
um marceneiro, sai em busca da cadeira perfeita e de seu lugar no mundo.


GRAU ZERO
"Nessa espécie de buraco negro das representações, onde o público tem dificuldade para discernir o original da cópia, o verdadeiro do falso, a reencenação da repetição, o natural do posado, oito artistas brasileiros e quatro estrangeiros desenvolvem trabalhos que discutem essas questões dando novos significados a esses ícones da indústria do consumo."

Paço das Artes
Abertura: 13 de julho, às 19h

Visitação:14 de Julho a 13 de setembro
curadoria de Priscila Arantes e Fernando Oliva

VENHA VER O ZÉ VIRAR ZERO!!!

4 comentários:

Maria disse...

oi Ti,
esse blog esta uma delícia de ver!
me fez lembrar quando eu espiava os cadernos de desenho do meu irmão.
E me dava uma inspiração!

Ulysses Bôscolo disse...

Thiago... vamos embarcar neste trabalho-imagem-pintura-MUNDO de uma vez por todas!
Obrigado pelo convite da sua exposição,

Forte abraço,
Ulysses Bôscolo.

Ruy Filho disse...

Tiago, tudo bem? Não sei se lembrará de mim... fizemos faap...

Querido, estou organizando um encontro de performance em um centro cultural qual sou coordenador.

Queria te convidar para participar, mas como não encontro teu email, vai pelo blog mesmo...

Me escreva para conversamos melhor. Meu email é ruyfilhosp@yahoo.com.br

Abraços,
RUY FILHO

Marcelinho disse...

Tiago!! Muito legal o teu blog! Deu altas risadas das idéias! Tô acompanhando de hoje em diante!
abs,
marcelo (diretamente de Manaus)